6 de ago de 2012

será. (o filho da viagem oposta)

será?
Cada mártir existente no calor 
cada samba na rua, em sua casa,
cada fuga nua. cada uma delas 
tende a ser somente um grão?
será um ralo, meu caro, tudo, tudo
menos ralo, ante a cega indiferença 
do esmagador universo em expansão?

será?
O tempo não se pergunta isso? 
em qualquer tarde ele enlouquece? 


Uma conversa divina devidamente 
registrada por claustrofóbicos habitantes 
do futuro iminentemente mudo 
ante a hóstia do medo do fogo 
do fim do mundo, é subsídio? será?

Nenhum comentário:

Postar um comentário