17 de dez de 2012

Sonhou

sonhei que beijava teus braços. tu estavas feliz. havia sol. havia vida. sonhei... até porque sonhar é tudo o que eu faço. sonhar com a despedida. sonhar com um mínimo de espaço a nos abençoar. sonhar com a esmagadora falência dessa incrível distância entre teu olhar infinito e meu gesto imóvel. sonhar de saudade. que saudade, minha flor! passo tantos momentos assim, a sonhar que te amaço. que tudo que eu faço é sonhar com um novo fim. um último final sem cansaço. sonhei... até porque sonhar é tudo que eu poço. sonho até que mereço que derretas meu humilde coração de aço. meu amor, sonhando: assim eu vou. assim eu padeço - pouco a pouco - pois não alcanço mais teu abraço.


Um comentário: